Definição de Postura Corporal

Escrito pelo Prof. Esp. e MBA Danilo Luiz Fambrini

Na literatura podemos encontrar algumas formas de conceituar a postura corporal, confiram algumas delas abaixo:

       Iniciamos com o estudo de Asmussen (1953), onde conceituou a postura corporal como o resultado da integração de vários reflexos: miotático, labiríntico, visual e epitelial. Foram acrescentados ainda as influências do sistema endócrino e autônomo da ação muscular. Segundo Tucker (1960), a postura corporal é uma atitude mental sobre o corpo, promovendo assim o equilíbrio. Podendo ser definida como hábito de posição do corpo, no espaço, após uma atividade ou descanso.

       Bierman; Ralston (1965) mencionaram que a postura está relacionada com a imagem que a pessoa tem de si mesma. Assim, é fundamental desenvolver a consciência do movimento do tronco, pois a imagem corporal é formada por meio da consciência corporal e o desenvolvimento desse aspecto leva à melhoria dos fatores emocionais

       Moro (1973) analisa a postura corporal como uma harmonia entre os segmentos corporais com o mínimo de gasto de energia. O consumo é tanto maior, quanto mais defeituoso for o alinhamento dos segmentos corporais. Para o autor, não existe um modelo ideal de classificação.

        Segundo Ascher (1976), postura é definida como: “a posição do corpo no espaço, com referência especial as suas partes, que exija o menor esforço, evitando fadiga desnecessária”. Essa, para que seja considerada como adequada, deve estar ligada ao mínimo esforço e ausência de fadiga muscular. A cifose pode ser definida como uma curvatura da coluna vertebral, com concavidade anterior. A escoliose manifesta-se como uma curvatura simples ou total, geralmente convexa para a esquerda; desaparece na flexão da coluna vertebral, e não há rotação das vértebras.

        Roaf (1977), destaca a postura como capaz de se adaptar para cada circunstancia e cita que está relacionada ao equilíbrio. Em seu estudo Hulleman, et al. (1978), conceitua a postura como o equilíbrio harmonioso entre as solicitações impostas aos músculos, ligamentos e discos intervertebrais. O autor acrescentou que não existe uma postura-padrão.

      Reich (1979) foi além, e relaciona a postura á fatores emocionais, sendo um espelho revelador de emoções. A Academia Americana de Ortopedia conceitua postura como o estado de equilíbrio entre músculos e ossos com capacidade de proteção das demais estruturas do corpo humano de traumatismos, seja na posição em pé, sentada ou deitada (BRACCIALLI e VILARTA, 2000).

Abaixo exemplo de postura errada e correta:

postura correta

Referência da imagem: Site UOL

Análise tática – Organização defensiva Manchester City [vídeo]

Ler a matéria

Como ser um bom zagueiro no futebol – Dica da técnica dos zagueiros modernos [VÍDEO]

Ler a matéria