Suplementação com Suco de Caju otimiza utilização de gordura como fonte de energia durante exercício?

Escrito pelo Prof. Esp. e MBA Danilo Luiz Fambrini

           O carboidrato (CHO) desempenha um papel importante para produção de energia em exercícios.  Além disso, o aumento da capacidade de utilização da gordura corporal para essa função otimiza o desempenho (VAN LOON et al 2001). Tendo em vista essas informações, uma intervenção que auxilie no aumento da capacidade de usar a gordura como a fonte de energia principal nesse caso pode além de aumentar o desempenho, evitar a utilização de proteínas como fonte energética (YEO et al. 2011).

            A combinação entre dieta e exercício é sugerida como a forma ideal para conseguir essa estimulação, mas será que uma suplementação adicional seria capaz de potencializar esses resultados?

            Dietas contendo antioxidantes e aminoácidos de cadeia ramificadas (BCAAs) são relatados como ótimos para potencializar esse mecanismo (JOHNSTON et al 2006). O antioxidante, a Vitamina C, é hoje, talvez uma das vitaminas mais utilizadas no mundo.

            Sugere-se que a Vitamina C é interessante para a utilização de ácidos graxos (gordura) durante exercício e tem por base que possa ser pelo ácido ascórbico  sendo um co-fator para a biossíntese de carnitina, uma molécula necessária para a oxidação de ácidos graxos (HOPPEL, 2003).

            O Caju é uma fruta que é comumente consumida em forma de suco e que é rica em Vitamina C e BCAAs (Leucina, Isoleucina e Valina)(AKINWALE, 2000; ADOU et al., 2012). Tendo em vista sua composição e os possíveis resultados Prasertsri et al. (2013), investigaram em seu estudo os efeitos de suplementação de suco de caju para potencializar a utilização de gordura como fonte de energia em indivíduos treinados e não treinados em exercícios de alta intensidade.

               O estudo contou com dois grupos, um placebo e outro com suco de caju como suplementação, afim, dos participantes não saberem qual estão ingerindo. A composição do suco era de (vitamina C ( 3,36 mg / 100 g ) , leucina ( 1,64 mg / 100 g ) , isoleucina ( 3,04 mg / 100 g ) , e valina (0,19 mg / 100 g ) e teve o teor total de açúcar ( 69,8 g / 100 ml). O placebo teve quantidade de açucares equivalentes.  Os resultados do estudo foram muito interessantes, tanto no grupo treinado como no grupo não treinado, após a suplementação os niveis de utilização de CHO foram reduzidos e de utilização de gordura foram aumentados, e curiosamente em indivíduos treinados houve valores significativamente maiores do que nos sujeitos não treinados. Assim, o estudo sugere que 4 semanas de suplementação com suco de caju seja interessante para a maior oxidação de gordura como fonte energética em exercícios de alta intensidade, assim, contribuindo para um maior desempenho.

 

5 trabalhos científicos sobre Café/Cafeína e exercício para ler e/ou baixar, veja

Ler a matéria

10 trabalhos científicos sobre Creatina para ler ou baixar, veja

Ler a matéria

10 trabalhos científicos sobre Basquete para ler ou baixar, veja

Ler a matéria