Detalhes dos deslocamentos da Patela [VÍDEO]

A Patela é uma estrutura óssea essencial para a mobilidade da articulação do joelho. Conhecer melhor a estrutura da Patela e seus possíveis deslocamentos é essencial para o rendimento e a prevenção de lesões em esportistas. O canal Questões de Fisioterapia traz um vídeo muito interessante relacionado ao tema, onde descreve em detalhes a mobilidade da Patela e seus possíveis deslocamentos.

A Patela se encontra na região frontal do joelho e é ligada ao Quadriceps por meio do tendão do Quadriceps. A Patela entre suas funções, atua no auxílio ao Quadriceps na manutenção da posição adequada do joelho.

Encontrada no sulco Patelofemoral, sulco que permite que a Patela realize movimento de deslize vertical, natural para a articulação do joelho. A luxação da patela ocorre quando existe movimento lateral, o que é anormal para a articulação em questão. Tal alteração de posição pode ocorrer por traumas ou entorses severos.

Normalmente a luxação é associada com dor, inchaço e um caroço na lateral do joelho. Em geral, a patela retorna para sua posição natural por sí. A avaliação por meio de Raio-X deve ser bem atenciosa, visando notar se existe algum fragmento solto na articulação após o deslocamento da Patela.

A luxação ocorre por falha no ligamento patelofemoral medial ou ou devido a impacto pode ocorrer o deslocamento lateral da Patela. Os motivos são a falta de fortalecimento do músculo Vasto Medial, a excessiva pronação dos pés, a ocorrência de Patela alta ou Geno Valgo.

No vídeo, os autores sugerem possibilidades de tratamento, onde em caso de fragmentos dentro da articulação é necessária cirgurgia, e em outros casos, a imobilização da região por duas ou três semanas e o fortalecimento do Quadriceps se faz necessário.

10 trabalhos científicos sobre Síndrome Metabólica para ler ou baixar, veja

Ler a matéria

10 trabalhos científicos sobre Natação para ler ou baixar, veja

Ler a matéria

Interessado em trabalhar com Iniciação Esportiva com qualidade? Saiba como;

Ler a matéria