Lactato Sanguíneo: O que é?

Créditos: Prof. Esp. Eurico Lara de Campos Neto

Crédito da imagem: bp.blogspot

O lactato tem sua produção a partir do piruvato, e a transformação em lactato é uma das possibilidades de metabolismo a partir do piruvato.

Estudos sobre a concentração sanguinea de lactato durante a atividade física constam da data de 1910.

Em 1924 um estudo relacionou a participação do componente anaeróbio no processo metabólico.

Limiar anaeróbio, é um termo comumente utilizado nos dias de hoje, sendo o mesmo utilizado pela primeira vez em 1973, que serviu para conceituar nível de trabalho ou VO2, que é acima do qual a acidose metabólica e mudanças respiratórias podem ocorrer.

Essa proposta pela teoria do limiar anaeróbio era que a quantidade produzida no decorrer de uma atividade fosse reconvertida a glicogênio durante o período de recuperação. (Benneti, 2000).

O limiar anaeróbio pode ser definido como a carga de trabalho, onde há o inicio de acumulo do lactato sanguíneo durante exercícios progressivos. É considerado um bom indicador do condicionamento aeróbio e é utilizado para a prescrição de exercícios de diversas modalidades. (Voltarelli, 2004)

Sua analise com relação as curvas referentes a concentração de lactato tem fornecido importantes subsídios para fenômenos que estão relacionados ao rendimento do indviduo (Pires, 2006)

A busca por condicionamento ou performance esportiva levam muitas pessoas a aderirem a algum exercício físico. Independente da escolha, um dos principais eventos que pode ser determinante para o desempenho é a conversão de energia química para a energia mecânica durante a contração muscular.

Em atividades de curta duração, durante a ressíntese do ATP, pela degradação da fosfocretatina e do glicogênio muscular, ocorreria a formação de lactato, e que o mesmo era considerado como um produto final, oriundo da degradação da glicose/ glicogênio que acontecia devido a uma diminuição do oxigênio mitocondrial. (Bertuzzi, 2009).

O autor ainda cita que o limiar de lactato sanguíneo é utilizado para estimar a participação e contribuição do metabolismo glicolítico durante a prática de algum exercício físico.

Porem ele ressalta uma certa cautela, pois o aumento não ocorre apenas com a diminuição do oxigênio mitocondrial. Ressalta ainda que por anos o lactato e a fadiga muscular estavam associadas tanto direta e diretamente com o aumento da acidose muscular.

Um estudo envolvendo lactato sanguíneo foi o de Barros (2004) que comparou valores relativos e absolutos do limiar de lactato com relação a carga máxima em homens treinados nos exercícios de leg press e de rosca direta.

Ao final do estudo os valores relativos encontrados não foram diferentes quando comparados aos indivíduos treinados e não treinados.

A diferença foi observada nos valores absolutos que mostrou diferença significativa em indivíduos treinados quando comparados com os não treinados.

Referencias:

  • Barros, C.L.M; Agostini, G.G; Garcia, E.S; Baldissera, V. Limiar de lactato em exercício resistido. Revista Motriz. Jan/Abr. 2004.
  • Benetti, M; Santos, R.T; Carvalho,T. Cinética de lactato em diferentes intensidades de exercícios e concentrações de oxigênio. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Mar/Abr. 2000.
  • Bertuzzi, R.C.M; Silva, A.E.L; Abad, C.C.C; Pires, F.O Metabolismo do lactato: uma revisão sobre a bioenergética e a fadiga muscular.Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, 2009.
  • Voltarelli, F.A; Mello, M.A.R; Gobatto. C.A. Glicogenio muscular e limiar anaeróbio determinado em ratos durante a natação. Revista Motriz. Jan/Abr. 2004.

 

Inscrições abertas para o 2° Simpósio Online de Preparação Física no Futebol, confira

Ler a matéria

7 trabalhos científicos sobre Rugby para ler ou baixar, veja

Ler a matéria