O que é o Fuso Muscular e qual sua função?

Escrito pelo Prof. Esp e MBA Danilo Luiz Fambrini

       São fibras musculares modificadas, contidas numa cápsula de tecido conjuntivo que as fixam e dispõem paralelamente às fibras extrafusais. Sua porção central é envolta por um neurônio sensitivo, sendo incapaz de se contrair. O mesmo não acontece nas extremidades que são dotadas de proteínas de actina e miosina e são inervadas por neurônios motores mais finos que as fibras musculares convencionais, esses são chamados de motoneurônios gama.(MONTEIRO e FARINATTI, 2000).

         Cada fuso muscular é formado por cerca de 4 à 20 pequenas fibras musculares especializadas, denominadas de fibras intrafusais (dentro do fuso), que se apresentam envoltas em uma bainha de tecido conjuntivo. Por sua vez, as fibras intrafusais são controladas por motoneurônios especializados, denominados motoneurônios gama e as fibras extrafusais (as fibras regulares do músculo fora do fuso), são inervadas por motoneurônios alfa (WILMORE e COSTILL, 2001 apud GREGO NETO, 2007).

        O fuso tem, basicamente, a função de informar a alteração na velocidade e na extensão (comprimento) muscular. Nessas condições reage a qualquer quantidade de alongamento (GUYTON ;HALL, 1997).

         Quando o músculo é alongado, a porção central acompanha o movimento, ativando o neurônio sensitivo que para de enviar impulsos à medula, onde faz sinapse com o motoneurônio alfa que, uma vez estimulado, envia comandos no sentido de contrair as fibras musculares estiradas, encurtando o músculo e diminuindo o fluxo de estímulos provenientes do fuso (MONTEIRO; FARINATTI, 2000).

Referência da imagem: Slideshare

10 trabalhos científicos sobre Alongamento para ler ou baixar, veja

Ler a matéria

Como evitar erro comum na execução de famoso alongamento para Isquiotibiais [VÍDEO]

Ler a matéria

Qual a influência do alongamento dinâmico na performance de corredores bem treinados?

Ler a matéria