Carga ótima vs Periodização, qual utilizar?

A Carga Ótima para o treinamento neuromuscular vem ganhando adeptos devido a sua fácil aplicação prática e seus resultados, por outro lado os modelos de Periodização estão sendo bastante contestados justamente pela a dificuldade de implementar um modelo de organização de cargas engessadas em períodos específicos com pouco tempo de preparação, principalmente no futebol.

ESTUDO

23 jogadores de futebol profissional foram divididos em dois grupos:

OPL: treinaram com Carga Ótima 6×6 reps.(Squat Jump).
.
TSP: treinaram com modelo de Periodização tradicional com 3 fases:
Fase 1 : Resistência de Força
Fase 2 : Força Máxima
Fase 3: Potência

Duração: 6 semanas

3 sessões de treinamento neuromuscular por semana.

Foram avaliados antes e após o período de duração do estudo em : 1RM, Squat Jump, CMJ, Velocidade 0 a 20m e Mudança de Direção (Zig-zag COD test).
.

RESULTADOS

Ambos os grupos melhoraram em : 1RM, Squat Jump, CMJ, Velocidade e COD Test.
Além disso o grupo OPL mostrou melhoras significativamente maiores em sprint 10 e 20m e maior potência propulsora média no Squat Jump.

CONCLUSÃO

O treinamento em Carga Ótima demonstrou ser eficiente para a melhora da capacidade neuromuscular de atletas de elite de futebol, criando uma alternativa de fácil aplicação em um calendário congestionado como o do futebol brasileiro.

Siga: @cienciadotreinamento e @preparacao.fisicanet

REFERÊNCIA

I. Loturco et al., International Journal of Sports Medicine, 2016.

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ciência do Treinamento (@cienciadotreinamento)

Futebol Feminino: Efeitos do ciclo menstrual na performance

Ler a matéria