Liberação Miofascial: Efeitos na performance

Liberação Miofascial (LMF) vem crescendo e tornando-se rotina em equipes de futebol, tanto usado como uma atividade pré-aquecimento como após treinos intensos visando não só a preparação para a atividade como um relaxamento. –
⚽ESTUDO

Uma recente Metanalise reuniu 21 estudos dos quais, 14 foram sobre a LMF como pré-aquecimento e os outros 7 estudos sobre sessões recuperativas.
Foram avaliados :

Pré: Flexibilidade; Força; Salto e Sprint.

Pós: Sprint; Salto e Percepção de Dor. –
⚽RESULTADOS

A utilização da LMF como pré-aquecimento forneceu melhora na flexibilidade e uma leve melhora no Sprint , sem nenhuma alteração na força e no salto.

No pós, os atletas tiveram melhora significativa na percepção de dor e melhoraram o Sprint e o Salto, no entanto, os autores demonstraram que os estudos ainda não são claros na utilização da LMF na recuperação de atletas. . –
⚽CONCLUSÃO

A LMF Pré parece ser uma boa alternativa para melhora da flexibilidade e do tempo de Sprint , no Pós parece ser uma boa alternativa para diminuição da percepção de dor dos atletas, mais estudos precisam ser realizados para identificar ligação direta com a recuperação dos atletas.
.
Siga: @cienciadotreinamento  @preparacao.fisicanet
.
Referência: Wiewelhove et al. Frontiers et. al. 2019.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ciência do Treinamento (@cienciadotreinamento)

Por que o exercício físico gera efeito anti-envelhecimento?

Ler a matéria